Buscar em:

Laboratório de Análises Clínicas Mori

BLOG




Amamentação
07/05/2014


Amamentar é dar continuidade a comunicação que inicia no ventre materno e se prolonga no contato pele-a-pele, na troca de olhares entre mãe e filho durante a amamentação.

Deve-se amamentar exclusivamente no peito durante 6 meses, evitando oferecer água, sucos ou qualquer outro alimento, nem bicos ou chupetas. É importante o apoio da família.

Não se deve controlar o horário, nem a duração das mamadas. Quanto mais o bebê mamar, mais leite a mamãe produzirá.

A mamãe deve tomar bastante líquidos, evitar stress, depressão ou ansiedade.

Deve-se evitar o desconforto no momento da amamentação, efetuando a pega correta.


AMAMENTAÇÃO CRUZADA
Amamentação cruzada é quando uma mamãe amamenta o bebê de outra.

Deve-se evitar, porque algumas doenças graves podem ser transmitidas através do leite materno, como a AIDS e a Hepatite B.

Procure um banco de leite humano para aprender a retirar e deixar leite para o bebê, mas jamais deixe outra pessoa amamentá-lo.


BENEFÍCIOS PARA O BEBÊ
Diminui o risco de diarréias, problemas respiratórios, obesidade, transtornos alérgicos, otites.
Proporciona melhor nutrição, com crescimento e desenvolvimento adequados.
Estimula maior contato físico com a mãe, reforçando o vínculo afetivo e equilíbrio emocional.


BENEFÍCIOS PARA A MAMÃE
Determina maior perda de peso, porque quem amamenta gasta energia gerando leite.
É prático, está sempre pronto e facilita para passeios e mamadas noturnas.
Diminui o risco de câncer de mama e ovário.


POSIÇÕES DE AMAMENTAÇÃO
Há várias posições para amamentar, o mais importante é que a mãe esteja confortável e mantenha uma boa técnica. A mãe deve variar regularmente de posições.

1 - Sentada (forma tradicional)
Na posição sentada o bebê fica de frente para a mãe de tal maneira que seu abdômen esteja colocado junto ao da mãe (barriga com barriga). Quanto mais colado estiverem os corpos, mais fácil para o bebê mamar.

2 - Sentada Inversa
Na posição sentada o bebê fica de frente para a mãe de tal maneira que seu abdômen esteja colocado junto ao da mãe (barriga com barriga). Quanto mais colado estiverem os corpos, mais fácil para o bebê mamar.

3 - Deitada
Na posição deitada a mãe e o bebê ficam frente a frente (barriga com barriga). A mãe oferece o peito do lado que está deitada. Esta posição e a sentada inversa são mais apropriadas quando a mãe for submetida a uma cesariana.

4 - Especial – Gêmeos
A maioria das mulheres tem leite suficiente para alimentar gêmeos. As dificuldades surgem porque é difícil cuidar de duas crianças simultaneamente. Um modo de amamentar gêmeos ao mesmo tempo é colocar as crianças com o corpo e pernas por baixo dos braços da mãe.


INDEPENDENTEMENTE DA POSIÇÃO ESCOLHIDA PARA AMAMENTAR, UMA BOA PEGA SIGNIFICA QUE:
1 - Todo o corpo do bebê está junto ao da mãe;
2 - A boca e a mandíbula estão junto ao peito da mãe;
3 - A boca do bebê está bem aberta;
4 - Não se consegue ver quase nada da auréola;
5 - O bebê dá chupadas grandes e espaçadas;
6 - O bebê está relaxado e tranqüilo;
7 - O bebê mama sem fazer barulho;
8 - A mãe não sente dor nos mamilos (só umas fisgadas no começo).


OBSERVAÇÃO: Estas informações não representam um substituto para consulta médica. Você deve seguir a orientação de seu pediatra de confiança.


Fonte: Laboratório Mori


VEJA TAMBÉM